Antares, o Coração do Escorpião

Uma estrela supergigante vermelha no centro da constelação de Escorpião. Vamos conhecer mais sobre ela.
Início
Antares (Alpha Scorpii)

Antares, também chamada de Alpha Scorpii, é a estrela mais brilhante da constelação de Scorpius (Escorpião), e a 15ª estrela mais brilhante do céu. Seu nome vem do grego, e significa “rival de Ares”. Ares é como os gregos chamavam o planeta Marte, e o nome de Antares vem do fato de também ter uma coloração avermelhada.

Antares também está presente na bandeira brasileira, representando o estado do Piauí.

Por estar em uma das constelações zodiacais (por onde o Sol percorre seu trajeto aparente), é impossível enxergar Antares durante o fim da primavera e no verão. Seu ponto de máxima visibilidade é no final do outono, quando o Sol se encontra no extremo oposto.

Antares é uma estrela supergigante vermelha de classe M1.5Iab-Ib (M = estrela vermelha; Iab = supergigante intermediária). Devido ao seu estágio avançado de evolução, é também uma estrela variável, ou seja, seu brilho varia com o tempo.

Antares e o Complexo de Rho Ophiuchi
Antares, a mais brilhante acima do centro, e as enormes nuvens do Complexo de Rho Ophiuchi.

As estrelas supergigantes são tão grandes que suas atmosferas são difusas, portanto, o tamanho exato de Antares é incerto, mas estima-se que seu diâmetro seja próximo do equivalente à órbita de Júpiter.

Por estar sobre a faixa de estrelas da Via Láctea, Antares (e constelações vizinhas) está numa região do céu com grande densidade de nuvens de poeira e gás molecular chamada Associação Scorpius-Centaurus. Essa região também é povoada por muitas estrelas brilhantes das constelações de Escorpião, Centauro e Cruzeiro do Sul, sendo Antares a estrela mais evoluída desse agrupamento.

Também nesse agrupamento, nos entornos de Antares, se encontra também o Complexo de Rho Ophiuchi, uma enorme região (tão grande quanto 10 luas cheias no céu) composta por nebulosas de reflexão, nebulosas escuras, estrelas azuis jovens e aglomerados estelares.

Como localizar

Localização de Antares

Devido à posição do Sol na eclíptica, a constelação de Escorpião só é visível do final do outono até o começo da primavera.

A constelação de Escorpião está sobre a faixa de estrelas da Via Láctea, em uma região relativamente brilhante do céu. A forma mais fácil de encontrar Escorpião é por seu asterismo em formato de “rabo curvado”. Antares está na parte superior, na cabeça, sendo a estrela mais brilhante e de cor avermelhada.

Quer citar este post?

HOSTI, B. P. Antares, o Coração do Escorpião. Espaço-Tempo, 2024. Disponível em: https://www.espacotempo.com.br/antares-o-coracao-do-escorpiao. Acesso em: 24 abr. 2024.

Brunno Pleffken Hosti

Professor. Graduado em Física pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Extensão em Astrofísica pelo IAG/USP e pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pesquisador nas áreas de astrofísica observacional e espectroscopia.

Publicação anterior

O que é uma Esfera de Dyson?

Próxima publicação

Por que a tabela periódica é organizada da forma que é?