Betelgeuse, o Ombro do Guerreiro

Uma das estrelas mais admiradas do céu, Betelgeuse é uma supergigante vermelha na constelação de Órion. Vamos conhecer mais sobre ela?

Início
1 minuto de leitura

Betelgeuse, ou Alpha Orionis, é uma estrela supergigante vermelha de classificação espectral M1-2Ia-ab localizada na constelação de Órion. É a décima estrela mais brilhante do céu e apesar da designação alpha, a estrela mais brilhante de Órion é Rigel. Betelgeuse se localiza a aproximadamente 548 anos-luz de distância da Terra e tem cerca de 764 vezes o diâmetro do Sol — se a estrela fosse posicionada no Sistema Solar, engoliria completamente as órbitas de Mercúrio, Vênus, Terra e Marte. Tão grande que é uma das poucas estrelas que astrônomos conseguem observar como uma esfera, e não um ponto.

NOTA: Vale notar que na Via Láctea há estrelas bem maiores do que Betelgeuse, as estrelas hipergigantes, como VY Canis Majoris, Mu Cephei, UY Scuti e Stephenson 2-18.

Devido ao seu tamanho gigantesco, Betelgeuse é classificada também como uma estrela variável. Tem uma atmosfera relativamente fria (por isso sua cor torna-se avermelhada) e com formato assimétrico, muito turbulenta e instável, com constantes ejeções de massa e explosões solares que expelem matéria para o espaço — por causa disso, seu diâmetro real também é bastante incerto. A redução de brilho detectada no final de 2019 foi em decorrência de uma ejeção de massa que expeliu gás e poeira, encobrindo parte de seu brilho.

Apesar de ser uma estrela nos estágios finais de seu ciclo de vida, Betelgeuse é mais jovem que o Sol, com idade estimada em cerca de 10 milhões de anos. Sua rápida evolução deve-se ao fato dela já ter nascido gigante e muito quente, tornando a fusão do hidrogênio um processo muito mais acelerado. Análises de espectrofotometria de Betelgeuse indicam que a estrela ainda tem cerca de 100 mil anos de vida pela frente.

Infelizmente é difícil de se realizar previsões em estrelas supergigantes, são extremamente dinâmicas e ainda pouco compreendemos sobre elas, mas é certo que não veremos o espetáculo de Betelgeuse se transformar em uma supernova antes das próximas dezenas de milhares de anos…

Como encontrar?

Como encontrar Betelgeuse (Alpha Orionis)
Como encontrar Betelgeuse.

Betelgeuse é uma estrela muito fácil de se encontrar. Na constelação de Órion, procure pelas “Três Marias” e trace uma reta cortando-as de ponta a ponta. De um lado há Rigel, uma supergigante azul, e o complexo da Nebulosa de Órion; do outro lado há Betelgeuse, uma estrela de cor nitidamente avermelhada.

Brunno Pleffken Hosti

Professor. Graduando em Licenciatura em Física pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Extensão em Astrofísica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pesquisador de IC na área de espectroscopia astronômica.

Publicação anterior

Por que os telescópios espaciais tiram fotos em preto-e-branco?

Próxima publicação

O que é supercondutividade?