Betelgeuse, o Ombro do Guerreiro

Uma das estrelas mais admiradas do céu, Betelgeuse é uma supergigante vermelha na constelação de Órion. Vamos conhecer mais sobre ela?
Início

Betelgeuse, ou Alpha Orionis, é uma estrela supergigante vermelha de classificação espectral M1-2Ia-ab localizada na constelação de Órion. É a décima estrela mais brilhante do céu e apesar da designação alpha, a estrela mais brilhante de Órion é Rigel. Betelgeuse se localiza a aproximadamente 548 anos-luz de distância da Terra e tem cerca de 764 vezes o diâmetro do Sol — se a estrela fosse posicionada no Sistema Solar, engoliria completamente as órbitas de Mercúrio, Vênus, Terra e Marte. Tão grande que é uma das poucas estrelas que astrônomos conseguem observar como uma esfera, e não um ponto.

NOTA: Vale notar que na Via Láctea há estrelas bem maiores do que Betelgeuse, as estrelas hipergigantes, como VY Canis Majoris, Mu Cephei, UY Scuti e Stephenson 2-18.

Devido ao seu tamanho gigantesco, Betelgeuse é classificada também como uma estrela variável. Tem uma atmosfera relativamente fria (por isso sua cor torna-se avermelhada) e com formato assimétrico, muito turbulenta e instável, com constantes ejeções de massa e explosões solares que expelem matéria para o espaço — por causa disso, seu diâmetro real também é bastante incerto. A redução de brilho detectada no final de 2019 foi em decorrência de uma ejeção de massa que expeliu gás e poeira, encobrindo parte de seu brilho.

Apesar de ser uma estrela nos estágios finais de seu ciclo de vida, Betelgeuse é mais jovem que o Sol, com idade estimada em cerca de 10 milhões de anos. Sua rápida evolução deve-se ao fato dela já ter nascido gigante e muito quente, tornando a fusão do hidrogênio um processo muito mais acelerado. Análises de espectrofotometria de Betelgeuse indicam que a estrela ainda tem cerca de 100 mil anos de vida pela frente.

Infelizmente é difícil de se realizar previsões em estrelas supergigantes, são extremamente dinâmicas e ainda pouco compreendemos sobre elas, mas é certo que não veremos o espetáculo de Betelgeuse se transformar em uma supernova antes das próximas dezenas de milhares de anos…

Como encontrar?

Como encontrar Betelgeuse (Alpha Orionis)
Como encontrar Betelgeuse.

Betelgeuse é uma estrela muito fácil de se encontrar. Na constelação de Órion, procure pelas “Três Marias” e trace uma reta cortando-as de ponta a ponta. De um lado há Rigel, uma supergigante azul, e o complexo da Nebulosa de Órion; do outro lado há Betelgeuse, uma estrela de cor nitidamente avermelhada.

Quer citar este post?

HOSTI, B. P. Betelgeuse, o Ombro do Guerreiro. Espaço-Tempo, 2022. Disponível em: https://www.espacotempo.com.br/betelgeuse-o-ombro-do-guerreiro. Acesso em: 24 abr. 2024.

Brunno Pleffken Hosti

Professor. Graduado em Física pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Extensão em Astrofísica pelo IAG/USP e pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pesquisador nas áreas de astrofísica observacional e espectroscopia.

Publicação anterior

Por que os telescópios espaciais tiram fotos em preto-e-branco?

Próxima publicação

O que é supercondutividade?