//

A belíssima missão Juno para o planeta Júpiter

A missão e seu caminho para desvendar os segredos da história do sistema solar.

O principal objetivo da missão Juno é entender a origem e evolução de Júpiter. Sob sua densa cobertura de nuvens, Júpiter guarda segredos para os processos e condições fundamentais que governaram nosso sistema solar durante sua formação. Como nosso principal exemplo de planeta gigante, Júpiter também pode fornecer conhecimento crítico para a compreensão dos sistemas planetários sendo descobertos em torno de outras estrelas.

A sonda Juno foi lançada a bordo de um foguete Atlas V para iniciar a jornada de cinco anos a Júpiter.

Com seu conjunto de instrumentos científicos, Juno irá investigar a existência de um núcleo planetário sólido, mapear o intenso campo magnético de Júpiter, medir a quantidade de água e amônia na atmosfera profunda e observar as auroras do planeta. Juno nos permitirá dar um passo gigantesco em nossa compreensão de como os planetas gigantes se formam e o papel que esses titãs desempenharam na formação do resto do sistema solar.

Na mitologia grega e romana, Júpiter envolveu-se com um véu de nuvens para ocultar sua maldade. Foi a esposa de Júpiter, a deusa Juno, que foi capaz de perscrutar através das nuvens e revelar a verdadeira natureza de Júpiter. A espaçonave Juno também olhará sob as nuvens para ver o que o planeta está fazendo, não procurando sinais de mau comportamento, mas nos ajudando a entender a estrutura e a história do planeta.

Brunno Pleffken Hosti

Professor. Graduando em Licenciatura em Física pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Extensão em Astrofísica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Editor do Espaço-Tempo.

Publicação anterior

Como os aviões realmente voam?

Próxima publicação

Entendendo o Modelo Padrão e as partículas fundamentais